Voltei à estaca zero

Olá, pessoal! Depois de um tempão sem postar, estou de volta. Agora como uma legítima Mamãe. Após 3 meses e meio cuidando da Nicole, ela já dorme a noite toda e vai até meio-dia (graças a Deus!) e finalmente consigo me organizar para recomeçar a fazer minhas coisas e voltar à minha rotina.

Essa vida de mãe não é fácil. É um trabalho braçal danado, mas já não sei mais viver sem a minha baixinha. Parece que já vivo uma eternidade com ela. Como disse o Diniz no comentário quando anunciei minha gravidez, “Agora vocês começarão a ver o sentido da vida…”. Ele tem razão. E juntando isso com a licença-maternidade, os meses em casa sem ter com quem conversar o dia inteiro até o Dinho chegar do trabalho, os pensamentos voam e os questionamentos surgem.

Será que imigrar realmente é a melhor coisa a fazer? Apesar de sempre ter sonhado a vida toda em morar fora, agora que tenho a Nicole estou sentindo muito mais medo de ir. Sei que imigrar com criança é bem mais difícil. Contudo, é um paradoxo porque, exatamente por ela fazer parte da minha vida, sinto mais vontade de ir e dar-lhe melhores oportunidades de vida.

Aí, explicando o título do post, vem a parte mais difícil da história: o Dinho. Sei que, por estar jogando todas suas fichas nesse seu novo projeto, ele acredita que vai dar certo e, dando certo, o sonho dele se realiza e não precisaremos mais ir para o Canadá. Mesmo não dando certo, ele morre de medo de ir. É muito mais apegado à família e aos amigos e sabe que sofreria bem mais do que eu com a distância. Então, juntando tudo, ultimamente tenho me sentido num mato sem cachorro: se correr o bicho pega e se ficar o bicho come. Uma insegurança sem fim, medo de trocar o certo pelo duvidoso. Só que aqui, olhando pelo lado profissional, minha frustração continua e nada é tão certo assim. Não sei nem mesmo o que eu gostaria de fazer no trabalho, o que me faria feliz. Até que ponto o Canadá seria duvidoso?  

Ainda não sei o que fazer exatamente. Vou recomeçar as pesquisas, a leitura dos blogs (preciso atualizar os links) e do grupo de imigração. Tenho visto que muita coisa aconteceu neste 1 ano que fiquei afastada. Parabéns a todos que já conseguiram o visto, já estão no Canadá ou adiantados no processo. Desejo muita sorte e força na peruca a todos. Como hoje sei que o meu prazo é maior, vou fazendo as coisas com mais calma. Só não vou desistir.

E para terminar o post, vou apresentar a minha Nicole, a Nicky, luz da minha vida.

     

 

Beijos

 

Anúncios
Categorias: Canadá, Família, Pesquisas, Pessoal, Planejamento | 10 Comentários

Navegação de Posts

10 opiniões sobre “Voltei à estaca zero

  1. Van,

    Sinceramente – eu acho que na vida, nos arrependemos muito mais das coisas que deixamos de fazer do que das que fizemos. Talvez uma maneira de pensar na coisa (e vender a idéia) seria o ângulo da experiência. A imigração não precisa ser pra sempre. Vocês podem vir com a idéia de passar 4 anos e depois decidir o que querem da vida. Se não valer a pena ou a saudade for demais, vocês voltam pro Brasil com uma segunda cidadania. Não perdem nada – muito pelo contrário, voltarão com fluência em um ou dois idiomas, experiência de trabalho internacional, e se duvidar mais um cursinho ou outro pra incrementar o CV… E com uma criança com dois idiomas maternos – ingles (ou francês) e portugues – quer servirão pra ela pro resto da vida.

  2. Parabens pela Nicole!!! Já está bem espertinha, né??? Esta quase se sentando!!!

    Hj até assustei quando vi seu comentário no blog e vim aqui saber das novidades.
    Bem vinda ao mundo da insegurança e dos questionamentos constantes conhecido popularmente como vida materna!!! Eu acho que tudo fica mais dificil quando temos que decidir pelo futuro dos nossos filhos, né?
    Infelizmente esta decisão de ir ou não para o Canadá terá que ser tomada por vc e pelo Dinho.
    Aqui em casa nós dois estamos animadíssimos, então não tem muita discussão e o nosso argumento para quem é contra é o seguinte: só saberemos se vai ser bom se formos. temos esta oportunidade agora e não sabemos como será o futuro, então resolvemos pegar esta oportunidade e ver o que acontece. Se não der certo, voltaremos e poderemos dizer: pra nós não vale a pena.

    beijo
    Marilena

  3. Olá! De volta, que bom!!! Entendo o que vc está passando… Não pense que as dúvidas acabam… Nossa! Esse processo é longo, tão cheio de altos e baixos… A vida dá uma parada mesmo em função dele. Fora a espera que é muito chata, temos a certeza que queremos ir.
    Concordo plenamente com o que a Alexandra falou. Pensamos assim tb pra “ter coragem” e dar entrada no processo. Qualquer coisa, volta pro Brasil, nada é tão definitivo assim. O que vale é a experiência… Pode até ser clichê, mas não seria pior nos arrepender daquilo que não fizemos?! A vida é longa, dá tempo fazer muitas coisas… kkkk Foi mexer em casa de maribondo, viu?! Agora vai ler aqui só depoimentos positivos e encorajadores…

    bjo
    A filhota de vcs é fofa!!! Ô tempo que passa rápido,viu?! A nossa Gabi já vai completar 4 anos e eu nem acredito que passou esse tempo todo!!!!

  4. Viu só? A gente acaba juntando uma tralha danada e na hora de uma mudança grande como essa tem que se desfazer de quase tudo. Tentei fazer uma mala menos, só com roupas, sapatos e objetos mais importantes, mas acabei não conseguindo resumir tanto.
    Vou refazer a bagagem. De repente consigo reduzir o tamanho do apego! rsrsrs

    Sua Nicole é linda demais! Parabéns.

    E olha, lendo o seu post, reconheço nele algumas das minhas angústias iniciais. Posso dizer-lhe que tudo é fruto do medo. Quando a gente consegue enfrentá-los, quando a gente aprende a confiar mais, as coisas parecem fluir com mais tranqüilidade.

    Desejo sorte a você e sua família, seja aqui ou lá no Canadá.

    Um abraço

    Dan

  5. Quanto tempo!!!Bem vinda novamente ao mundo de sonhos para imigramos ao Canada.Ume pena vcs terem dado uma pausa nesse sonho por conta da gravidez, provavelmente faria o mesmo, por isso estou adiando tanto o sonho do nosso bebe, mas fazemos planos para o ano que vem.
    Sobre duvidas…Todos nos temos e enquanto não chegarmos la não saberemos se valerá a pena ou não. Tentem dar entrada no processo até o final do ano, o processo é tão demorado que sua bebezinha vai estar uma mocinha quando o visto chegar.Pense nisso =)
    Estamos com 16 meses de processo e até hj não terminou.

    beijão pra vcs

  6. Van

    Parabéns pela linda filha e os questionamentos que estão surgindo sobre a imigração são normais nessa fase da vida.
    É muito difícil opinar de fora, mas acho que a sua filha merece a oportunidade de crescer num país melhor e se não der acerto o máximo que vai acontecer é retornarem para a terra brasilis.

    Abração e bem-vinda a blogosfera

    PS: Quanto ao aclame escrevi um post no dia 04/05/07 sobre eles, mas obrigado pelas dicas e fico feliz de ter seus comentários de volta no blog.

  7. Oi,
    Seria interessante se pudesse colocar um link da nossa escola nas referências do seu blog. Nós também gostaríamos de colocar um link do seu blog na lista de links úteis no site da nossa escola =)
    Nós gostaríamos de te convidar para ter acesso completo e gratuito, por um dia, a um de nossos módulos de estudo. Assim você poderá conhecer pessoalmente o nosso material e a nossa metodologia e então recomendar para os amigos que também querem imigrar para o Québec =)
    Seria legal se pudesse após que conhecesse o nosso material, escrever um artigo em seu blog sobre suas impressões do nosso curso, e querendo se tornar nosso aluno você será mais do que bem vindo.
    Aqui está o meu email para que possamos conversar melhor e então liberarmos o seu acesso ao nosso material de estudo, tenho certeza que você vai adorar:
    lauramerces@francaisquebecois.com
    Muito obrigada mais uma vez,

    Laura Mercês

  8. Anne

    olha so minha linda,eu vivo a 9 anos no Canada,as coisas n. sao simples como os brasileiros imaginam,eu sendo casada com um canadense, vejo q. nada é 100% seguro,claro q. tem de tentar p. saber,mais ,vcs com uma filha linda..sera q. nao seria aventura demaisss.. A vida aqui n. é exatamente como se pensa, a adaptacao bem dificil,acho q. vcs deveriam é tentar um pouco mais no nosso Pais,apezar de tudo a familia,nosso povo é mais caloroso,se vive com menos ,mais é nosso. Minha dica seria: pense 1..2..3 pense até 5 vezes mais..pq .. a ilusao é grande.Beijos fiquem com Deus.

  9. Olá Van, primeiro quero te dar os parabens pela princesa linda que você tem.
    Nunca fui ao Canadá, mas assim como você, tenho um filho de 4 anos e morria de medo de largar a nossa estabilidade no Brasil e vir para a Inglaterra. Imigrar não é fácil, mas vale apena… não é fácil, pq aprender um novo idioma é complicado, compreender uma nova cultura é incrivelmente complicado e arranjar um emprego que atenda as necessidades financeiras e espectativas profissionais é uma missão quase impossível. Mas tudo isso muda de figura, quando você imigra com a cara e a coragem para começar do zero e batalhar todos os dias, isso inclui muitas horas com a cara nos livros, estudando para tornar-se mais competitiva no mercado. Como a Anne falou, muitas pessoas se iludem, pq acham que basta mudar de pais e as oportunidades vão começar a cair do céu… não é assim que a vida funciona… se vocês batalharem, vocês vão conseguir ter uma vida decente e provavelmente melhor do que no Brasil. E quanto ao fato dos Brasileiros serem mais calorosos, olha aqui já ouvi muito brasileiro dizendo que os ingleses são frios… bom, imagina se todo mundo fosse exatamente como nós brasileiros, será que o mundo seria melhor?
    Coragem menina e tudo de bom para você e sua familia 🙂

  10. EFQ

    Bonjour!

    Você vai fazer o processo de imigração para o Québec?
    Já conhece a
    École de français québécois ?

    Nossa escola oferece um curso de francês on-line exclusivo para brasileiros que desejam imigrar para o Québec.

    Conheça agora nossa escola, faça o teste de nivelamento online e saiba o módulo de estudos ideal para você:

    Link para o nosso site

    • A melhor equipe de professores nativos do Québec
    • Curso reconhecido pelo escritório de Imigração-Québec
    • Certificado válido para o processo de imigração
    • Não cobramos taxa de matrícula
    • Francês para TODOS os níveis:
    Faça o Teste de nivelamento agora

    • TODO material didático incluso
    • Pacotes promocionais

    MAIORES INFORMAÇÕES? FALE AGORA MESMO CONOSCO
    Skype : ecoledefrancaisquebecois
    Msn :francesquebequense@hotmail.com
    Googletalk: ecoledefrancaisquebecois

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: