O tal do inglês, IELTS e blá-blá-blá

Gente, antes de mais nada, desculpem-me pelo sumiço. Minha última semana foi daquelas! Uma baita gripe que já se foi mas deixou uma tosse de cachorro que não passa nunca e garganta inflamada. Fiquei (e ainda estou um pouco) imprestável. Não tinha ânimo nenhum para nada – escrever, pesquisar e nem ligar o computador em casa à noite. Ficava jogada no sofá fazendo inalação para ver se conseguia dormir melhor. Ainda não estou 100% e nem 50% mas só um pouco melhor. Só que preciso chutar o desânimo e a falta de inspiração para longe. 

Outra coisa é que mais uma vez quero agradecer pelas mais de 3000 visitas do blog em 2 meses de vida.  

E vamos ao que interessa: o tal do inglês. Esse tal que deixa a maioria dos candidatos a imigrantes de cabelos em pé, inclusive eu. Como já disse aqui anteriormente, sou formada em Tradução e Interpretação e tenho o inglês fluente, mas todo mundo sabe que, mesmo falando inglês muito bem, quando chega a hora e você tem que dormir e acordar em inglês, o bicho pega. Mesmo para os que vão voltar a estudar lá. Acho que o esforço é dobrado vendo tudo em um idioma que não é o seu. Imagino que no início temos que ir pegando no tranco e depois vai melhorando. Só não pode desanimar.  

Eu, como Tradutora e também como amante de idiomas, fico mortificada de não entender o que as pessoas falam. Adoraria saber falar diversas línguas porque as acho lindas e sinto que são barreiras que nos impedem de ter acesso a uma outra cultura, outro estilo de vida. Para mim, é fascinante. Ir morar num país bilíngüe, então, nem se fala. Vou fazer questão de aprender o francês também.

Pensando nisso estes dias, senti vontade de fazer uma pós-graduação em Língua Inglesa por lá. Nada de literatura, porque não gosto, mas a parte estrutural: fonética, morfologia, sintaxe. Estudar a fundo a gramática. Vou dar uma pesquisada nestes cursos também, juntamente com os vários outros da minha lista. :o) Isso fez reacender em mim um antigo sonho: de escrever um livro. Tenho um enredo escrito há mais de 10 anos, mas escrevi somente 3 capítulos. Talvez tenha desanimado porque nunca acreditei que o tipo de história que vou contar desperte o interesse de alguma editora no Brasil. É um romance ao estilo de Danielle Steel, Nora Roberts. Romance do estilo que a Harlequin Books publica. Explico: a Harlequin é uma editora canadense, com sede em Toronto, que vende à Editora Nova Cultural no Brasil os romances que sempre são publicados naqueles livrinhos que todo mundo já deve ter ouvido falar: Julia, Bianca, Sabrina, Momentos Íntimos, etc. Há quem diga que é literatura lixo, mas eu nem ligo de admitir que ADORO esses romances água com açúcar.  Quem sabe um dia eu ainda não escreva meu livro em inglês e venda para eles. ;o) 

Aproveitando o post para que não seja totalmente blá-blá-blá, me bateu uma dúvida que gostaria que vocês me ajudassem. Inicialmente tinha pensado em prestar o IELTS entre setembro e novembro desse ano e depois dar entrada no processo de imigração. Agora fiquei em dúvida se deixo para fazer o teste depois que tiver dado entrada no processo e chutar a nota que acho que vou tirar. O que vocês acham? Quero decidir isso logo para poder pegar de vez nos estudos para o exame. 

Beijo

Anúncios
Categorias: Blog, Estudos, Idiomas, IELTS, Pessoal | 10 Comentários

Navegação de Posts

10 opiniões sobre “O tal do inglês, IELTS e blá-blá-blá

  1. Olá Van,

    eu sou um pouco suspeita porque gosto de estar sempre segura. Apesar de estarmos decididos a entrar com o processo há mais de um ano só entramos quando saiu o resultado do IELTS do Sergio. Talvez por vc ter o inglês fluente não precise se preocupar tanto com isso mas eu faria a prova primeiro, o mais rápido possível pra já me livrar desta etapa. É claro que tem que levar em conta que o teste vale por um ano, então tem que ver direitinho quando vcs vao entrar com o processo.

    Um abraço,

    Marilena

  2. Van,

    No meu caso o que fiz foi justamente chutar o meu score, até acho que chutei muito para cima, e depois fiz o IELTS, afinal entre enviar o formulário e eu mandar a documentação se passaram 6 meses, sendo que ainda tinha mais 3 meses se quissese enrolar com o processo.

    Detalhe botei tudo como high e no final somente consegui um score high, só espero que isto nãoatrapalhe o processo pois pelas minhas contas somente precisava de um high.

    Abraços,

    Diniz

  3. Van, eu fiz como o Diniz e resolvi dar entrada no processo antes de fazer IELTS com medo de expirar o prazo de validade e ter que prestar o exame de novo.
    Chutei tudo high e graças a Deus consegui a pontuação.
    Agora estou esperando a carta solicitando os documentos. Já faz um mês que fiz a prova. Espero que tudo dê certo.
    Bjs

  4. Eh uma decisao complicada ne? No meu caso, eu nao enviaria a documentacao chutando um escore para poder depender de retirar esta nota depois no IELTS.

    beijo

  5. Vc sempre vai ter a chance de fazer a prova de novo, nao eh? E vc fala bem, nao deveria ser um problema…

    Boa sorte!!

    Bjs!!

    😉

  6. Oi Van,

    Eu preferi chutar o score no formulário e depois fazer a prova… Mas isso vai de cada um. Vc tem que conhecer bem seu inglês pra identificar que pontuação teria no teste (o que nem sempre é fácil, mas pelo seu background não seria tão difícil auto-avaliar-se). Como já fiz outros testes, isso me ajudou a determinar. Mas nada é garantido, né? Só o resultado do IELTS mesmo. Mas devo confessar que isso anda me estressando um pouco…

    De qualquer forma, vc vai mandar depois um novo formulário atualizado, junto com toda a documentação e o certificado do IELTS. A contagem de pontos definitiva será dada com base nessa nova fase.

    Acho que a vantagem de fazer antes é poder refazer depois (se precisar) sem atrasos no processo. Eu vou fazer meu teste no início de julho e imagino que o Consulado peça nossa documentação no final de julho ou em agosto. Pra refazer o teste, atrasaria um pouco o envio da documentação…

    Bom, vamos ver!

    Beijos,
    Mari

    PS: go ahead with the book!!! Nenhum sonho pode ser menosprezado ou considerado pequeno! 😉

  7. Van

    O meu caso foi meio atípico pois ia dar entrada antes do novo processo simplificado por isso precisava do IELTS antes, mas em função do trabalho só consegui dar entrada no processo em Dezembro depois de ter tirado a nota que precisava.
    Em função da longa espera muitos estão chutando valores para depois fazer o IELTS, e apesar da necessidade de conseguir a nota e o stress acho que vale a pena, principalmente no seu caso pois acho que vai conseguir mais do que 7 em tudo.
    Abração e melhoras na gripe….atchim!!

  8. Bom, concordo plenamente com o que algumas pessoas escreveram aí. Você é fluente em inglês e não acho que o IELTS vá ser problema e se acontecer algo errado você pode refazer a prova. Então, eu no seu lugar faria logo a prova.. O processo de imigração já demora tanto neh, tudo que der pra ser feito pra não atrasar as coisas, eu acho válido.

    E apesar da minha profissão não ser ligado a línguas, também sempre tive essa vontade de falar vários e vários idiomas. Concordo que essa diferença na fala ainda seja uma grande barreira cultural.

    bjussss

  9. Flávia

    Também chutei meus resultados na hora de preencher o formulário, agora tenho q me virar pra conseguir 2 high neste próximo fim de semana..

    Estou uma piilhaaa!! Torçam por mim!! hauahuahauha

    Van, não se preocupe. Entre com o processo e depois marque o IELTS. Tente ver com clareza o nível de cada uma de suas quatro habilidades. Se der alguma diferença, não tem tanto problema.. O q conta mesmo é a pontuação que vc vai mandar para o Consulado..

    bjos

  10. Eu sempre acho que o IELTS tem que ser a primeira coisa. Mas tem que fazer jah, menina!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: